Vadias!

Por Samantha Pistor
Imagem
Eu já chamei uma mulher de vadia. Mais de uma vez, em inúmeras oportunidades e contextos diferentes.

Já chamei uma mulher de vadia por causa de suas roupas. Ela usava roupas curtas e que me desagradavam.  Eu a achava uma vadia.

Já chamei uma mulher de vadia por conta de sua sexualidade. Porque eu achava que ela deveria se respeitar, se dar o valor, não ser vulga, não ser uma vadia.
Imagem
Já chamei uma mulher de vadia porque ela beijou mais de um rapaz em uma festa. Porque quem beija vários rapazes, só pode ser vadia.

Já chamei uma mulher de vadia por ser a favor do aborto. Porque para mim, uma mulher que aborta não deseja assumir suas responsabilidades, quer apenas ser vadia.

Já chamei uma mulher de vadia porque ela terminou com o namorado. Afinal, ele era um rapaz legal, meu amigo. E ela era uma vadia.

Já chamei uma mulher de vadia por ter terminado seu casamento e deixado seus filhos com o marido. Porque afinal, uma mãe que abdica de seus filhos, apenas pode ser vadia.

Já chamei uma mulher de vadia por ser lésbica ou bissexual. Afinal, lésbicas e bis apenas querem chamar a atenção dos homens e só podem ser, portanto, vadias.

Já chamei uma mulher de vadia porque ela tinha como melhor amigo um homem cis e hétero. Afinal, amizades entre homens e mulheres não existem. Ela só pode ser vadia.

Já chame uma mulher de vadia porque transou com o cara no primeiro encontro. Afinal, quem faz isso, só pode ser vadia.

Já chamei uma mulher de vadia por ter bebido demais. Mulheres direitas não bebem, apenas as vadias.

Já chamei uma mulher de vadia porque ela foi estuprada. Afinal, a culpa foi de sua roupa, de não ter se cuidado ou se preservado. A culpa foi dela por ser uma vadia.Imagem

Já chamei uma mulher de vadia por ter denunciado seu marido agressor para a polícia. Afinal, ela era a mulher dele, tinha de ficar ao lado de seu marido na alegria e na tristeza. Ela tê-lo exposto e denunciado, a torna uma vadia.

Já chamei uma mulher de vadia por ter traído seu namorado. Afinal, a moça que trai apenas pode ser uma vadia.

Já chamei uma mulher de vadia porque ela transou com meu namorado. Afinal, a culpa pela traição só pode ser dela. Meu namorado é um bom homem. Ela é uma vadia.

Já chamei uma mulher de vadia por exercer profissões que a objetifica. Afinal, uma mulher que usa de seu corpo para ganhar dinheiro, só pode ser vadia.

Já chamei uma mulher de vadia por ser prostituta. Afinal, uma mulher que escolhe ser prostituta só pode ser vadia. E deve ser punida por isso.

Já chamei uma mulher de vadia por ter sido assassinada pelo seu companheiro. Afinal, se ela não fosse uma vadia, seu marido provavelmente não a teria matado. A culpa é dela, por ser uma vadia.

Eu chamei mulheres de vadia até o dia em que me chamaram de vadia. Logo a mim, que tentava a todo custo, não ser uma vadia. Que julgava as outras mulheres que eram distintas de mim como vadias. E então eu percebi que eu também era vadia. Independente do que eu fizesse.

Descobri ser vadia é sinônimo de ser livre. E desde então, escolhi a liberdade.

Imagem

É claro que eu não chamei uma mulher de vadia em todos estes contextos. Mas eu já chamei uma mulher de vadia. Provavelmente você também.

Dia 25/05 – Marcha das Vadias de SP – http://www.facebook.com/MarchaDasVadiasSP?ref=ts&fref=ts
Dia 25/05 – Marcha das Vadias de BH – http://www.facebook.com/marchadasvadias?ref=ts&fref=ts
Dia 25/05 – Marcha das Vadias de Recife – http://www.facebook.com/events/501262469934405/
Dia 26/05 – Marcha das Vadias em Porto Alegre/RS –  http://www.facebook.com/MarchadasVadiasPortoAlegre?fref=ts
Dia 22/06 – Marcha das Vadias de Brasília  – http://www.facebook.com/marchadasvadiasdf?ref=ts&fref=ts
Dia 20/07 – Marcha das Vadias de ES – http://www.facebook.com/MarchadasVadiasVitoriaES2013?ref=ts&fref=ts
27/07 – Marcha das Vadias do RJ – https://www.facebook.com/events/507237462647146/

Porque somos todas vadias!

Anúncios

5 respostas em “Vadias!

  1. Até hoje só chamei duas mulheres de vadia! A primeira, uma garota de 15 anos, que morava perto de onde eu trabalhava, e eu conhecia o irmão dela. Ela saía com uns caras estranhos, mas nunca dei atenção a ela. Apenas uma garotinha.
    Até o dia que o pai dela entrou no escritório querendo me bater. Conseguimos que ele dissesse porque, e ele disse que a filha dele contou que eu mexi com ela e chamei ela de gostosa. Ela ainda foi junto e disse na minha cara que eu tinha mexido com ela. Nunca fiz isto, mas naquele momento eu a chamei de vadia.
    “Você fica se agarrando com cada cara barra-pesada aqui na rua, e agora vem me acusar de mexer com você? Tenho culpa agora se você é uma vadia?” Chamei de vadia, sim, porque fiquei com raiva. No dia seguinte, pedi desculpas ao pai dela.
    Da outra vez, chamei de vadia uma mulher que pelo telefone foi muito grossa e mal educada, se recusando a me atender. Eu estava de mau humor naquele dia, e quando ela desligou na minha cara, a chamei de vadia! Eu estava com raiva!
    Por isto que evito ficar com raiva o máximo possível!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s