A Verdadeira História de Lena Baker

Lena Baker Foi a única mulher a ser executada na cadeira elétrica na Georgia.

Imagem

Lena Baker viveu de 8 de Junho de 1901 a 5 de Março de 1945. Ela foi uma afro-americana executada no estado da Georgia em 1945 pelo assassinato de Ernest Knight, seu patrão de 67 anos.

Apesar de toda cidade saber que Lena era ameaçada por seu patrão, e permanecia a seu lado devido as ameaças que ele lhe fazia de matá-la e matar sua familia, nada foi feito para ajudá-la.

Imagem
Naquela época existia uma lei que impedia pessoas negras de se casarem ou viverem juntas conjugalmente com pessoas brancas, constantemente ela era ameaçada de prisão por estar vivendo com um homem branco, mas nunca houve esta ameaça contra ele, apesar de ser ele que a mantinha prisioneira.

Imagem

Durante uma briga, quando Lena já não aguentava mais a situação, o homem saca a arma e ameaça de morte se ela for embora, acidentalmente Lena dispara a arma contra ele ao tentar tomá-la de sua mão em legitima defesa.
Imagem
Em 14 de agosto de 1944 iniciou-se o julgamento de Lena Baker, presidido pelo juiz William “Duas Pistolas” Worrill, que manteve 2 pistolas a vista durante todo o julgamento.

Ao fim da tarde, o júri, composto apenas de homens caucasianos, considerou Lena baker culpada por assassinato. O governador Ellis Arnal deu a condenada mais 60 dias para uma solicitação de perdão, que foi negada.

Imagem

No dia 5 de março de 1945, Lena Baker sentou-se calmamente na cadeira elétrica e disse: “What I have done, I did in self-defense. I have nothing against anyone. I’m ready to meet my God”.

Imagem
(O que eu fiz, eu fiz em legítima defesa. Não tenho nada contra ninguém. Estou pronta para encontrar Deus.)

Em 2001 a família Baker entrou com um pedido de perdão concedido pelo Conselho da Geórgia do Perdão e Paroles que analisou o veredicto original como racista.

Em 2005, 60 anos após sua morte, foi concedido perdão total e incondicional a Lena Baker, pois “uma sentença de 15 anos” teria sido mais apropriada.

Lena Baker não era merecedora de perdão,mas de absolvição. O Estado da Georgia sim deve ainda hoje um pedido de perdão pela vida que se perdeu injustamente, em um julgamento misógino e racista.

Em 2009, foi lançado o drama com o título original de The Lena Baker Story (Traduzido: A Verdadeira História De Lena Baker) dirigido por Ralph Wilcox.

Assista aqui:  http://www.filmesonlinegratis.net/assistir-a-verdadeira-historia-de-lena-baker-dublado-online.html

Por: Verinha Aguiar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s