Cultura do Estupro – Dicas de como NÃO estuprar

Imagem

Este cartaz foi divulgado em 2011 por uma pagina feminista norte americana,uma ironia feita para inverter a lógica dominante de que as mulheres são culpadas pelo estupro e não o estuprador.

O cartaz ganhou repercussão nos Estados Unidos quando foi postado na página oficial da Marinha americana num site de relacionamentos.

Muita gente não entendeu a ironia usada e criticou a Marinha por reproduzir uma mensagem que diz: “se você for estuprar alguém, avise antes. Se não, a pessoa não saberá que você quer atacá-la”.

“Obrigado, Marinha! Agora eu não vou mais estuprar ninguém!”, diz um comentário.

“Desde quando ataques sexuais viraram brincadeira?”, indagou outro.

Uma porta-voz da Marinha americana disse que a intenção de publicar o cartaz foi a de incentivar o debate do tema, que é muito sério.

Só em 2010, a força registrou, entre sua tropa, 611 casos de ataques sexuais. Uma em cada cinco mulheres das Forças Armadas americanas já foi vítima de estupro.

Com ou sem ironia, a mensagem final do cartaz serve para todos, marinheiros ou não: não ataque ninguém.

Quando lemos em um jornal sobre algum caso de estupro, normalmente isso vem acompanhado de um histórico do homem acusado, eles defendem se e são defendidos por sua imagem construída segundo a moral social pré estabelecida, são “pais de família, honestos, trabalhadores, decentes, religiosos, bons filhos, bons maridos” etc… Ou seja, estes são os monstros?

Esta ideia de que homens que estupram são monstros, são pessoas descontroladas e estuprarão sempre, por isso as mulheres devem se proteger deles sem esperar que isso mude, é o que nos coloca na situação de CULPADAS do estupro.

“Se as mulheres sabem que eles fazem isso,por que provocam?”

– Entenda se como provocar,estar viva e ser mulher.

Mas eles não são “monstros descontrolados” como a própria defesa deles diz são “pessoas normais” em grande parte dos casos são conhecidos das vitimas, e não fazem isso por loucura,mas por poder,machismo e misoginia.

http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2011/07/campanha-contra-estupro-gera-polemica-nos-estados-unidos.html

Anúncios

Uma resposta em “Cultura do Estupro – Dicas de como NÃO estuprar

  1. Pingback: Sociedade Machista, Ou Como O Estuprador Não Precisa Ser Um Doente Mental | Colunas Tortas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s