20 NOVEMBRO, DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Por Carol Vitória

12278964_913889045369752_5766947804755322206_n
No dia 20 de novembro é comemorado no Brasil o dia Nacional da Consciência Negra, mas qual a real importância dessa data?

Foi no dia 20 de novembro do ano de 1695 que morreu Zumbi dos Palmares, reconhecido como o maior líder quilombola do país por ter lutado pela liberdade, culto á religião e prática da cultura africana. A força e resistência que deu fama ao Quilombo dos Palmares contra escravidão motivou o Movimento Negro (MN) brasileiro escolher a data da morte de Zumbi para representar o dia da Consciência Negra.

Resitencia-escravos-BRASILESCOLA(1)A Lei Áurea que aboliu a escravidão no Brasil foi assinada em 13 de maio do ano de 1888, porém esta data não é reconhecida e muito menos comemorada pelo Movimento Negro, já que foi necessária muita resistência e muita luta ao longo de séculos pelos negros para que a abolição fosse de fato conquistada, e o como a abolição foi assinada por uma princesa branca e pertencente à família real portuguesa, a comemoração da abolição no dia 13 de maio representaria um favor e boa ação dos brancos aos negros, sendo que estes são os principais responsáveis pelos longos anos de cativeiros, estupros, torturas e muitos outros crimes cometidos aos nossos ancestrais .A Lei Áurea que aboliu a escravidão no Brasil foi assinada em 13 de maio do ano de 1888, porém esta data não é reconhecida e muito menos comemorada pelo Movimento Negro, já que foi necessária muita resistência e muita luta ao longo de séculos pelos negros para que a abolição fosse de fato conquistada, e o como a abolição foi assinada por uma princesa branca e pertencente à família real portuguesa, a comemoração da abolição no dia 13 de maio representaria um favor e boa ação dos brancos aos negros, sendo que estes são os principais responsáveis pelos longos anos de cativeiros, estupros, torturas e muitos outros crimes cometidos aos nossos ancestrais .

Não bastava apenas a libertação se a Lei Áurea foi uma lei tardia e completamente irresponsável que não cessou o sofrimento dos negros, pois estes foram expulsos das fazendas e senzalas, sem trabalho, dinheiro e nenhuma perspectiva de vida já que nenhum programa foi pensando para garantir uma vida digna até uma permanente adaptação. O que simplesmente ocorreu é que os negros saíram das condições sub-humanas que viviam sendo escravos e foram jogados na total miséria sendo livres. Tanto que os reflexos dessa irresponsabilidade são sentidos até hoje por nós, já que os negros são a maioria entre os mais pobres, a maioria com menor nível de escolaridade, são os que ocupam no mercado de trabalho as categorias mais desvalorizadas e consequentemente residem em locais com menor assistência e saneamento. A falta de destino resultou na concentração de moradias de baixo custo, como os lendários cortiços que, não por acaso, foram criminalizados assim como são as favelas de hoje, sendo estes locais e seus habitantes cruelmente perseguidos e assassinados pela policia que protege o Estado.

Nos dias de hoje os poucos programas sociais de reparação aos negros nãomatrizes-africanas conseguem mudar precisamente a pobreza, ainda mais com a pressão da classe branca burguesa que fazem discursos de meritocracia, se colocando contra o assistencialismo e não reconhecendo seus privilégios como também reforçando o racismo institucional enraizado. Outro fato importante que deve ser muito pensando e questionado e toda marginalização que se faz à cultura Afro, já que no Brasil temos colônias que residem pessoas de diversas nacionalidades e que tem total liberdade de cultuarem seus costumes e crenças, porém apenas as religiões de matriz africana são associadas a cultos demoníacos ou de incitação ao mal o que não é só falta de respeito, como também a confirmação do racismo existente.

O dia 20 de novembro é comemorado para ressaltar a resistência do povo negro contra a escravidão e quebrar a falácia que algum dia existiu a aceitação da escravidão por parte dos negros e principalmente o reconhecimento que foi necessário muito intelecto e engenhosidade para resistir à escravidão e driblar o cerco criado naquele tempo para a formação dos quilombos que a exemplo do Quilombo de Palmares chegou a abrigar uma população de mais de 20 mil habitantes que se organizou inclusive militarmente. Desta forma, hoje evidenciamos o dia de Zumbi e todos os negros para reconhecer que nossa luta não terminou, mas que resistiremos com a força de todos os nossos ancestrais até sejamos realmente iguais.

Fontes:
Disponível em: http://www.escolakids.com/20-de-novembro-dia-da-consciencia…

Disponível em:http://www.suapesquisa.com/historiad…/zumbi_dos_palmares.htm

Disponível em:http://www.suapesquisa.com/historiadobrasil/escravidao.htm

Disponível em: http://www.brasilescola.com/histor…/escravidao-no-brasil.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s